quarta-feira, 20 de outubro de 2010

CONTINUAR E AVANÇAR


Olá a todos!

Depois de intenso trabalho na nossa campanha para Deputado Estadual, (um grande aprendizado e o início de uma caminhada vitoriosa), 8.812 votos conscientes, estou retornando ao nosso mandato na cidade do Paulista e não poderia deixar de escrever  sobre o momento atual que estamos vivenciando, o 2º turno da eleição presidencial e o meu olhar sobre os acontecimentos.
Tive a oportunidade de visitar muitas cidades e ouvir as pessoas. Se eu já tinha a certeza de que Lula foi o melhor presidente do Brasil, a minha certeza está ainda maior. Conversei com muita gente humilde que de forma espontânea contou que antes do  Bolsa Família vivia na dependência dos prefeitos, a espera de uma cesta básica que nem sempre chegava. Era costume ver nas praças das cidades do interior, agrupamentos de pessoas, no aguardo, com a esperança de que as prefeituras matassem a fome da família. Ouvi emocionado um senhor já idoso me dizer: “Hoje, depois do bolsa família de Lula, não passamos mais por essa humilhação, moço.”
Há quanto tempo não assistimos na televisão àqueles programas que com a desculpa de falar sobre o sofrimento do povo nordestino, promoviam  a miséria e a fome, no período da seca. Hoje aquele sofrimento não mais existe com aquela intensidade.
O poder de compra do povo brasileiro mudou. Antes do governo Lula, eu que também sou professor, não tinha de jeito nenhum o direito de comprar um carro novo, casa própria? Era um sonho muito distante. O IMPORTANTE é que não são meras palavras, não é ilusão. Os números reais existem.
·         O Bolsa Família atende mais de 12 milhões de famílias em todo território nacional. Diversos estudos apontam para a contribuição do Programa na redução das desigualdades sociais e da pobreza. A queda da pobreza extrema foi de 12% para 4,8%.
·         O Projeto Minha Casa Minha Vida teve seu lançamento em Março de 2009 com o objetivo de beneficiar e estimular famílias de baixa renda do Brasil a conseguir realizar o sonho da casa própria, que muitas vezes é um sonho de uma vida inteira.
·         Profissionais formados com bolsas integrais do “Programa Universidade para Todos”, (PROUNI), PROUNI, (dados de pesquisa encomendada pelo Ministério da Educação),   e em 2010, 240,3 mil bolsas foram oferecidas. O torneiro mecânico Luiz Inácio Lula da Silva criou 14 universidades Federais e de 2005 até agora, o número de escolas técnicas federais de educação profissional criadas – 141 - foi praticamente o mesmo que o de 1909 a 2002 -  140. Até dezembro de 2010 outras 99 unidades que estão em obras ficarão prontas. Lula foi capaz de fazer “100 anos em quatro”, dobrando a rede de educação profissional e tecnológica. criado em 2004, revelam que o mercado de trabalho se abriu – 80% estão trabalhando -, e que a renda familiar aumentou para 68% deles - mas o principal efeito da oportunidade de fazer uma graduação aconteceu na família. Os familiares se sentiram motivados a iniciar ou prosseguir os estudos. Em 2009, 384 mil cidadãos fizeram faculdade com bolsas

Eu poderia ficar por muito tempo destacando a importância do governo Lula. São muitas as conquistas, são muitas as vitórias. Mas é de fundamental importância  lembrar  que muitos daqueles que estavam na linha de pobreza e miséria estão conseguindo participar da economia do país, porque estão indo às compras. No governo Lula o, Nordeste cresceu 6,5%, o maior crescimento de todo o país (dados da Rede Globo).

Por tudo isso e muito mais o projeto do Presidente Lula precisa ter continuidade. E nós só vamos continuar na trilha do progresso, com o povo brasileiro cada vez sonhando mais, se Dilma for eleita Presidente do Brasil.