quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Corredor exclusivo de ônibus Norte-Sul vai começar a ser construído em janeiro

Com passagem por Paulista, via expressa vai ligar Igarassu ao centro do Recife
O vereador e secretário geral do Parlamento Metropolitano do Recife, Fábio Barros (PT), na manhã desta quinta-feira (17/11), participou da solenidade no Salão das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas, onde foram assinadas duas ordens de serviço para a construção dos corredores exclusivos de ônibus dos eixos Norte-Sul e Leste-Oeste. O início das obras para a construção da via Norte-Sul, que passará pela cidade do Paulista, está previsto para janeiro de 2012. Este corredor contará com um percurso de 33,2 km e 33 estações interligadas a quatro terminais integrados: Igarassu, Abreu e Lima, Pelópidas Silveira e PE-15.

Ao todo serão investidos R$ 296 milhões nas obras que fazem parte do conjunto de intervenções do Programa Estadual de Mobilidade – PROMOB. Recursos no valor de R$ 151 milhões do Tesouro e do Programa de Aceleração do Crescimento destinados às obras para a Copa do Mundo de 2014 (PAC Copa) serão investidos no corredor Norte-Sul. A proposta do governo estadual é mudar a realidade do transporte público da região metropolitana do Recife até a Copa do Mundo de 2014. De acordo com o projeto, o passageiro deve economizar cerca de 30 minutos em cada viagem, contabilizando ao final de cada mês a economia de um dia de seu tempo. Durante a solenidade, o governador do estado de Pernambuco Eduardo Campos ressaltou a importância dessas mudanças para a melhoria da qualidade de vida da população.

Corredor Norte-Sul

O corredor Norte-Sul passa pelos municípios de Igarassu, Abreu e Lima, Paulista, Olinda e Recife. Terá início no Terminal Integrado de Igarassu e segue até a estação Central do Metrô, no centro do Recife, passando pela PE-15, pelo Complexo de Salgadinho e Avenida Cruz Cabugá. Além disso, um viaduto e um elevado serão construídos nos Bultrins e outro elevado em Ouro Preto. A expectativa é atender a uma demanda de 180 mil passageiros por dia quando o corredor estiver funcionando com o Transporte Rápido por Ônibus (TRO). Hoje são 146 mil usuários/dia. A obra será concluída em 18 meses. Todas as 33 estações e todos os ônibus que irão trafegar na via serão climatizados. O projeto também prevê a requalificação de toda a ciclovia da PE-15.